Agersa apresenta estudo de redes de esgoto em Seminário do TCE – ES

A Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Agersa) vem desenvolvendo um estudo sobre os tipos de coleta de esgoto presentes em Cachoeiro de Itapemirim e pontos com necessidade de substituição de redes do sistema unitário.

O projeto foi apresentado no “Seminário Saneamento Básico – o planejamento e a regulação a partir da Lei n 11.445/2007 em prol da universalização do acesso ao esgotamento sanitário no Espírito Santo”, realizado nos dias 19 e 20 de outubro em Vitória (ES) pelo Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo pelo diretor-presidente da Agersa, Vilson Coelho.

O seminário teve como objetivo alertar sobre a importância do planejamento e da estrutura regulatória para a garantia da qualidade da prestação de serviços e para a universalização do acesso ao esgotamento sanitário.

Sobre o projeto apresentado, Vilson Coelho menciona que o sistema unitário é aquele em que parte da rede de esgoto é compartilhada com a rede de drenagem de águas pluviais.

“Diante disso, o estudo que estamos desenvolvendo visa identificar estes pontos compartilhados para posteriores substituições. Isso vai influenciar na redução de lançamento de esgoto no Rio Itapemirim e demais corpos hídricos”, frisa.

O levantamento está sendo realizado separadamente por sub-bacias de esgotamento, de modo que após a identificação a concessionária de água e esgoto execute as obras necessárias à melhoria da coleta e dê o devido direcionamento para o tratamento.

De acordo com o diretor-presidente da Agersa, a prioridade dos levantamentos está sendo nas sub-bacias que possuem córregos que, mesmo possuindo redes coletoras, ainda sofrem com o lançamento de esgoto. Após a finalização das ações será possível medir a qualidade dos serviços não somente pelo percentual de cobertura com redes, mas também pelos índices de eficiência dos sistemas.

“Percebemos como é importante apresentar resultados de ações significativas como estas nestes eventos, especialmente para o fortalecimento das agências reguladoras municipais que desenvolvem um trabalho fundamental em campo e em conjunto com as empresas prestadoras de serviço”, salienta Vilson Coelho.

Neste sentido, a Agersa participa também do “Projeto Regulasan” do Ministério das Cidades com apoio do IICA (Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura) – junto com mais quatro agências reguladoras brasileiras – que tem por objetivo contribuir para o fortalecimento das rotinas das regulatórias, capacitação dos técnicos e melhorias das atividades das agências reguladoras.

“O objetivo fundamental de toda essas ações é único: favorecer a manutenção de rios e córregos limpos, sem lançamento de esgoto. O resultado reduz o desconforto dos moradores das margens e afeta no que diz respeito à qualidade da água e na preservação ambiental como um todo”, finaliza o diretor-presidente da Agersa.

Apresentação em Cachoeiro

Para quem quiser saber mais sobre os projetos e ações da Agersa em relação ao serviço de saneamento em Cachoeiro de Itapemirim, a autarquia convida a todos para a Audiência Pública 2017 da Agersa, que será realizada em 14 de dezembro (quinta-feira) às 19:30h no plenário da Câmara de Vereadores. A entrada é franca, e na ocasião serão apresentados também as ações de outros setores de regulação da Agersa, dentre os quais o serviço de transporte público municipal. 

Informações à Imprensa:

Paula Leal Fernandes

Técnica em Regulação de Publicidade e Propaganda

28 3511-7077

Últimas notícias

23/11/2022

Aplicativo móvel Ponto Cachoeiro atinge 24 mil downloads

Em pouco menos de um ano após seu lançamento, o aplicativo móvel Ponto Cachoeiro, desenvolvido para facilitar ...
25/10/2022

Transporte coletivo de Cachoeiro terá passagem gratuita no 2º turno da eleição

Os cachoeirenses poderão contar com passe livre no transporte coletivo municipal para ir votar no segundo turno das Eleiçõ...
26/07/2022

Usuários do transporte coletivo aprovam aplicativo Ponto Cachoeiro

O aplicativo Ponto Cachoeiro segue facilitando a rotina dos usuários do transporte coletivo do município. E sua adesã...
18/07/2022

Aplicativo Ponto Cachoeiro já teve mais de 10 mil downloads

O aplicativo móvel Ponto Cachoeiro, desenvolvido para facilitar o cotidiano de quem usa o transporte coletivo da cidade, já ...